Centro Pai João de Angola

Fazer o bem sem ver a quem
As pessoas devem ser motivadas e incentivadas a fazer a caridade. São como as crianças que começam a dar seus primeiros passos. Para isso, precisam da ajuda dos pais que lhes dão o apoio, as ensinam a caminhar e as incentivam a fazê-lo.

Cada passo dado é comemorado por seus pais, fazendo com que a criança se sinta feliz e tenha vontade de caminhar. Com o tempo, a criança adquire a segurança de caminhar sozinha e quando vê, é capaz de fazê-lo.

A mesma coisa são os filhos de santo (médiuns) que trabalham na casa. Eles precisam de apoio dos Orixás e das entidades que sempre estão ali, mas também precisam de apoio e incentivo daqueles que já criaram uma consciência e praticam a caridade. Devem ser incentivados a dar os primeiros passos para então depois pegarem “gosto” pela prática da caridade e começar a praticá-la por vontade própria.

Eles vão sentir que o maior “prêmio” que podem ganhar é o sorriso daquele que recebe a doação. Com certeza, o maior beneficiado pela caridade é aquele que doa. Aquele que nada tem não precisa de muito e o pouco que recebe divide com os seus. Em nada vale doar com pena daquilo que se gasta ou por obrigação. A caridade verdadeira pode até ser pequena, mas tem que vir do coração, com alegria e sem esperar recompensa. Quando as pessoas conseguirem fazer a caridade, sem pensar no que gastaram, com alegria, conseguirão sentir a felicidade pelo ato que praticaram, lembrarão que o alimento que entregaram estará no prato e na mesa de uma família que nada tem o que comer.

Que farão a alegria de uma criança que sente fome ou no aconchego e calor de quem nada tem para vestir. Conseguirão sentir o sorriso de quem nada tinha para comer e ganha um almoço quentinho,de quem não vai revirar o lixo para se alimentar, pelo menos por um dia.

Entenderão que o sorriso de uma dessas pessoas é o mais importante nesse trabalho e que por alguns momentos diminui a dor daquele irmão e que isto não tem preço ou dinheiro que valha. Para isto deverão receber incentivos, pois muitos ainda não abriram seus olhos para a caridade.

Neste ano que se inicia, que Oxum derrame o seu amor e plante no coração de cada um o amor incondicional ao seu semelhante, agregando pessoas, idéias, atitudes e semeando a caridade como forma de manifestação do amor maior.

O ano é de muito trabalho, entretanto, devemos entender que não há crescimento sem vontade interior. Quando há união, há força para se realizar o que deseja. É como o trabalho das formigas que se unem e trabalham para que todos tenham alimento e abrigo. Uma ajuda a outra e como um batalhão conseguem construir sua casa e armazenar seu alimento. É o verdadeiro trabalho em comunidade. É o que se deve ser feito. Uma pessoa sozinha não conseguirá realizar tudo o que se tem para fazer. O ano é de realizações, mas com alegria e amor.

Muitas idéias virão ao longo do ano por diversas pessoas para crescimento do trabalho.

Devemos entender que a caridade não é obrigação, mas sim amor, alegria, esperança, fraternidade ao seu irmão que muitas vezes só precisa de um abraço ou palavra. Os pequenos gestos feitos com amor, se tornam grandiosos aos olhos do Pai.

Que todos possam um dia sentir a felicidade de ajudar ao seu irmão. Tenham certeza que aquele que doa com o coração cheio de alegria, será farto de coisas boas.

Quem doa amor, recebe amor. Quem doa carinho, recebe carinho.

Mas aquele que doar somente por obrigação, nada receberá. Por isso, este é o momento, vamos refletir e ver o que desejamos receber...
Que Oxalá abençoe a todos
e que mamãe Oxum semeie no
coração de cada um o amor divino.
VÓ MARIA (PRETA VELHA)

CABOCLO COBRA CORAL 

Dar a mão a quem precisa... O mundo dá muitas voltas, sempre que puder dê a mão a quem precisa, sem querer nada em troca. O mundo gira e como uma balança nossa vida sobe e desce sem ao menos nos pedir licença, nas voltas da vida podemos encontrar esse irmão que necessitou da mão para se levantar, e não há pagamento maior do que vê-lo melhor... Nunca sabemos o que nos espera....se estaremos vivos daqui a um minuto, mas sabemos que quando morremos não levamos nada e só deixamos o que fizemos de bom ou

ruim... Cabe a você escolher como será lembrado... Assim como numa plantação, o que fazemos somos obrigados a colher... Por isso nunca tenha dó de uma pessoa, cada um vem a esse mundo com sua sina e o seu resgate, ou está colhendo o que plantou, mas não nos cabe julgar, e sim amar e ajudar....fazendo nossa parte, o mundo se encarrega do resto....axé...

''A Língua é o Chicote Da Alma, Tesoura Que Corta O Amor, Pedra Que Amassa

Os Sonhos,Fogo Que Queima A Esperança.

E A Tumba Que Leva A Vida Daquele Que Vive A Falar Da Vida Alheia''.

(Zé Pelintra)

Mensagem a todos os Orixás

Que todos os Orixás estejam sempre à frente abrindo teus caminhos

Ogum com sua espada lhe ajude em todas as batalhas Iansã te de clareza para separar o joio do trigo

  Xangô lhe protege das injustiças do mundo

Oxossi lhe deem conhecimentos e farturas

Obá lhe proteja dos corte e das demandas

Ossain lhe traga a magia das ervas e o seu conhecimento

Xapanã te de sempre muita saúde

Ibejis te proporcione alegrias inocentes e pureza

Oxum te cubra com o seu manto de amor e riquezas

Iemanjá leve com sua ondas todas as tristezas e angustias

Oxalá te abençoe e lhe cubra de paz.

Agradecemos sua visita Volte sempre....

Os textos apresentados na sua maioria foram retirados , da internet. Esse é um espaço onde colocamos diversos pensamentos e o nosso principal objetivo é a divulgação da nossa Umbanda. Quando algum texto for de autoria do Centro Pai João de angola, o responsável será indicado; da mesma forma que fazemos com outros autores que não têm vínculos com a nossa casa... Comunicado Importante: Este é um Site totalmente gratuito, sem fim comercial ou lucrativo. Algumas imagens e informações provêm de outros sites na internet. Caso você seja o detentor do Copyright de qualquer uma delas, e deseje que ela seja retirada, por favor, é só nos mandar uma mensagem citando o nome e a localização para sua remoção imediata. Não temos o objetivo de nos apropriar de informações alheias tomando-as como nossa, pelo contrário, sempre que possível, colocaremos o nome do autor abaixo do título para deixar bem claro que a intenção é de divulgar a Umbanda através de textos bem elaborados e esclarecedores. Saiba que o Centro Pai João de Angola está isento de qualquer responsabilidade.


amigo.mp3

Traduzir Esta Página

O que é Caridade?