Elementos do Terreiro de Umbanda

ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA
Conhecendo os elementos utilizados na prática dos Terreiros de Umbanda

Defumação - Ato de purificar o ser, o objeto e o ambiente, através da

fumaça.

É o ato de expulsar o negativo, através de aromas, ou seja, das essências (ervas: alecrim,benjoim, incenso e outras), de acordo com a necessidade da utilização.

A defumação é uma prática antiqüíssima de todas as religiões e de todos os povos.
A defumação tem sempre caráter expulsatório (exorcístico
) de espíritos.
O emprego sistemático da fumaça deve ser reminiscência indígena. Entre todas as tribos da raça Tupi, o Tabaco é considerado como planta sagrada.
O segredo e a utilização desses elementos por parte de nossas entidades, do uso do
cachimbo, do charuto e do cigarro nos trabalhos, defumando e não como vício, como soprar a fumaça, é variado, dependendo do caso em questão.
Atuação do Defumador
1ª. - A essência do defumador, desfazendo-se no ambiente, isto é, misturando-se com o éter atmosférico, vai ser sentido pelos espíritos;
2ª - Seu aroma desperta alguns centros nervosos dos médiuns, fazendo esses centros vibrarem de acordo com as irradiações fluídas da Entidade.

Fogo - Utilizado para acender defumadores, charuto, cachimbo, cigarro e pólvora,bem como para cozinhar as comidas oferecidas às Entidades. Associado nos ritos de
magia e religião como afastador de espíritos ruins e dos males.
O fogo da pólvora (tuia) produz o estouro e a fumaça para que expulse a negatividade, rompendo o campo magnético.

Velas - Vieram para a Umbanda por influência do Catolicismo.
Iluminadas, são pontos de convergência para que o umbandista fixe sua atenção e possa assim fazer sua rogação ou agradecimento ao espírito ou Orixá a quem dedicou.
Ao iluminá-las, homenageia-se, reforçando uma energia que liga, de certa forma, o corpo ao espírito.

Água - Sua utilidade é variada. Serve para os banhos de amacis, para cozinhar, para lavar as guias, para descarregar os maus fluídos, para o batismo. Dependendo de sua procedência ( mares, rios, chuvas e poços), terá um emprego diferente nas obrigações.
A água poderá concentrar uma vibração positiva ou negativa, dependendo do seu emprego.

Ponto Riscado - Se não houvesse o segredo, para que então o ponto riscado ? Cada ponto, seja de Caboclo, do Preto Velho ou do Exu, tem uma interpretação, podendo identificar aquele que o risca, podendo caracterizar a natureza do trabalho.
Concentração - É ter a mente fixada sobre um objeto.
Meditação - É uma corrente contínua de pensamentos a respeito desses objetos.

Bater Cabeça - O médium da Casa, em respeito às firmezas dos Orixás, deita-se de barriga pra baixo em frente a ele (Gongá) a fim de pedir proteção.

Gongá - Altar dos Orixás, onde ficam os símbolos, otás, fetiches, comidas dos mesmos, imagens, etc...

Sineta Litúrgica ou Adejá - É um instrumento chegada de entidades. Deve ser utilizada e consagrada em momentos apropriados somente por pessoas capacitadas
para tal, devendo ser guardado no Gongá.
Otá - Pedra ou pedaço de metal, axé do Orixá (onde se fixa a força mágica do).
Orixá). O otá tem vida; somente assim é um otá. Sua forma, dependendo do Orixá,poderá ser redonda, arredondada (ovalada) ou comprida.
Preceito - Normas, proibições e recomendações relativas ao culto.

Bebidas - Na Umbanda, bebem os médiuns irmanados com seus Guias espirituais, na certeza de que confraternizam brindando com seus coetés (cuias), invocando os poderes do Deus Onipotente na sua Corte Celestial com os Ministros (Orixás).
Penacho e Cocares - Os guias não precisam deles para demonstrar sua condição de representantes do Orixá, entretanto, para melhor tomarem contato com a Terra,
uma vez que sentem saudades, muitas vezes, da sua permanência neste Planeta, como antes encarnados que o foram, bem como, para dar cunho de materialidade nos seus
trabalhos.

Charutos, Cachimbos e Cigarros - O segredo e a utilização, desses elementos por parte de nossas entidades, o modo como a fumaça é dirigida (magia) tem o seu eró
(segredo) e não é como muitos utilizam, para alimentar a vaidade, o vício e a ignorância.

Pemba - A força esotérica da Escrita astral, na Umbanda é feita pela Pemba (giz oval - forma cônica), que tem o poder de abrir e fechar trabalhos de magia, e de purificar,quando em forma de pó é lançada ao ar no ambiente em que se utiliza.

Prece - É uma evocação por meio da qual colocamos nossos pensamentos em relação ao ente e Entidade a que nos dirigimos. Pode ser pensada ou mentalizada, falada ou cantada.
Obrigação - É um dever, um compromisso com as Entidades. Implica na presença do Sacerdote, que com sua força espiritual, com o conhecimento do ritual e do material a ser aplicado na obrigação, estabelece o elo, o canal entre o filho e as forças
espirituais.

Oferenda - É um ato livre que qualquer pessoa pode fazer, desde que tenha conhecimento do que poderá oferecer à Entidade.

Corimbas - São cânticos invocando as Entidades, marcando o início de sua incorporação ou desincorporarão, para criar formas mágicas para determinados trabalhos, para abrir e fechar sessões no Terreiro, parar pedir forças espirituais,
para afastar espíritos maus, para pedir maleme (perdão) e outras diversas finalidades.

Atabaques - Eles servem para manter o ambiente sob uma vibração homogênea e fazer com que todos os médiuns permaneçam em vibração (danças, aceleração do).
médium, (principalmente em desenvolvimento).

Paó (3 palmas lentas) - Utilizado para pedir permissão para entrar, saudar e licença.

Bater com as pontas dos dedos, no chão - Da mão esquerda: Saudando os caminhos de Exu; da mão direita: Saudando, homenageando e pedindo licença ao local.
Guias (fios de contas) - É um colar ritual de miçangas, contas de cristal, de louça, de frutos pequenos, construídos de acordo com a Entidade, que designa também a cor de sua preferência. Podem ter pequenos objetos presos a eles. A Guia (fio) de Exu é
colocado no pulso do braço esquerdo, nunca passando pela cabeça do umbandista.
Vestimenta Roupa Branca (Roupa de Santo) - É a vestimenta para a qual devemos dispensar muito carinho e cuidado, idênticos ao que temos para com nossos Orixás e Guias. As
roupas devem ser conservadas limpas, bem cuidadas, assim como as guias (fios de contas), não se admitindo que um médium, após seus trabalhos, deixe suas roupas e
guias no Terreiro, esquecidas. Quando a roupa fica velha, estragada, jamais o médium deverá dar ou jogar fora. Ela deverá ser despachada no mar, juntamente
com uma pequena imantação (oferenda) para o Orixá ou Entidade a que pertencer. Fica claro que é obrigatório seu despacho, pois trata-se de um instrumento de
trabalho do médium.

Toalha Branca (Pano da Costa) - Trata-se de um pano branco em formato de toalha (retangular), podendo ser contornado ou não com renda, fino ou grosso, de tamanho
aproximado de 0,50 x 0,76 m.
No caso dos homens, é pendurado do lado esquerdo, no ombro ou na cintura e no caso das mulheres, por cima dos ombros ou na cintura, do lado direito. É utilizado para o médium bater cabeça.

Trabalhar descalço - O médium, sempre que possível, deve trabalhar descalço por uma questão de humildade e para facilitar a incorporação, bem como para haver melhor descarga dos fluídos nocivos, diretamente para a terra. Estando o médium
calçado, estará isolado da terra, o que dificultará a eliminação dos fluídos nocivos (negativos), assimilados ao se transpor as encruzilhadas, cemitérios, hospitais, etc...,quando da vinda para o Terreiro.

Banhos de Descarga - São coisas sérias, requerendo atenção de quem os toma, bem como de quem os administra. É um banho de flores, ervas ou essências. Cada um deles traz o seu magnetismo e a pessoa vai absorvê-lo de modo que ao tomá-lo,
elimina toda a influência negativa agregada a sua vibratória humana (corpo etérico).
As ervas, de preferência, devem ser colhidas por pessoas capacitadas para tal, em horas e condições exigidas, entretanto, podem ser usadas também as adquiridas no comércio (frescas), desde que quem vá usá-las, as conheça. Poderão ser também
preparados banhos de descarga, com rosas brancas (banho neutro) e de efeito muito positivo, podendo ser tomado por qualquer pessoa sem afetar sua faixa vibratória. As
essências também devem ser utilizadas com cuidado, pois contêm muita vibração,somente administradas por pessoas capacitadas.
Preparo - O melhor modo pelo qual obtemos uma maior imantação, seja ele com flores, ervas ou essências, é através do calor, da evaporação, isto no ritual da Umbanda. Colocamos numa panela a água e a deixamos ferver. Quando estiver
fervendo, apagamos o fogo. Então, colocamos as pétalas das flores, ervas ou ssências, abafando e deixando em fusão para o devido cozimento por evaporação.
No caso das flores e ervas, após o cozimento, coamos o mesmo num pano branco e guardamos os resíduos para serem despachados oportunamente.
Uso - O chacra mediúnico (frontal) e glândula (nuca) são os dois pontos que fecham a faixa vibratória mediúnica. Com elas, para o cérebro convergem as vibrações captadas, sendo razão indispensável para que o banho seja derramado sobre a
cabeça, pois daí parte todo comando do corpo, o que por outro lado acarretará prejuízo, quando mal aplicado (no caso das ervas e essências), caso este em que o magnetismo do banho não estiver em harmonia com a vibratória mediúnica da pessoa (Orixá de Coroa).

Passe - Os passes não fazem parte do corpo doutrinário do Espiritismo. Eles remontam aos mais remotos tempos e constituem recursos naturais, postos à disposição dos homens para as tarefas de socorro ao próximo. O Novo Testamento
demonstra que Jesus e os Apóstolos utilizavam-se dos passes como recursos magnéticos curadores aliados a recursos espirituais, curando pela imposição das mãos ou pelo influxo das palavras de fé. Graças à sua feição de "Consolador
Prometido", o Espiritismo, conserva e difunde essa modalidade de auxílio, a fim de atender uma infinita quantidade de pessoas que batem às portas dos Centros
Espíritas, na esperança de cura ou de alívio.
O Passe é uma "transfusão de energias psicofísicas, operação de boa vontade, dentro da qual o companheiro do bem cede de si mesmo em benefício de outrem" (Emmanuel).
Para o êxito dessa operação, cabe ao médium passista buscar na prece o fio de ligação com os planos mais elevados da vida. Mágoas excessivas, paixões,desequilíbrio nervoso e inquietude, bem como alimentos inadequados e alcoólicos, são fatores que reduzem as possibilidades do passista e que, portanto, devem ser
evitados. Aqueles que se consagram aos trabalhos de assistência aos enfermos através de passes, devem cultivar, além da humildade, boa vontade, pureza de fé, elevação de
sentimentos e amor fraternal.
Nos processos patológicos orgânicos, os "passes" não dispensam os recursos da Medicina, devendo ser utilizados como complemento.

Entidades Espirituais - São espíritos de alta, média e baixa faixa vibratória, em ascensão evolutiva, ou não, no Plano Espiritual.
Guia (Entidade) - É o espírito de luz que procura guiar os homens, afastando-os do mau caminho, representando o Orixá de coroa de médium. Poderá ser um Caboclo ou um Preto Velho.
Protetor (Entidade) - É um espírito que passou pela vida terrena e deseja obter mais luz, fazendo o bem e promovendo a paz entre os homens que vivem ainda no plano material. Poderá ser um Boiadeiro ou Exu (macho e fêmea).

Egum - É um espírito sem luz, ou pouca luz, de um desencarnado.

Falanges - São grupamentos de espíritos que atuam no Plano Espiritual, recebendo a falange, o nome de seu chefe.

Legiões - O mesmo que Falanges, porém, espíritos em faixa evolutiva superior.

Linhas - O mesmo que Legião, porém, espíritos ou divindades que não necessitam mais de evolução espiritual.

Encruzilhada - Local onde se cruzam dois caminhos. Local onde se realiza o contato permanente de Exu com Ogum, que incumbe os Exus de suas tarefas, transmitindo-lhes
as ordens superiores.

Cumprimento Ombro-a-Ombro - Quando um Guia cumprimenta um consulente ou um assistente com o bater de ombro, isto é sinal de igualdade, de fraternidade e
grande amizade.

Macaia - Lugar de retiro, em plena mata, onde os médiuns vão descansar, refazendo suas forças psíquicas, no contato direto com a natureza e local nativo do "habitat" de Oixás. Ali se faz oferenda aos Orixás daquele "habitat" (casa).
Pontos de Segurança - São os pontos que se riscam e cantam no início da Sessão. Tem por finalidade omo o próprio nome já diz, trazer segurança para os trabalhos aquela Sessão. Tais pontos impedem a intromissão de espíritos maléficos. Sem tais muitos rabalhos realizados naquela Sessão ficariam nulos ou erderiam quase odo o efeito.

Sessão - Reunião dos adeptos da Umbanda para promoverem os desenvolvimentos espirituais, homenagem ou procura de curas de males materiais e espirituais

Eledá - Orixá guardião da vida da pessoa.

Batismo - É realizado através da água, do fogo (vela), do sal, das ervas, da pemba eóleos sacramentais.

Amaci - São ervas frescas maceradas na água limpa (de cachoeiras, nascentes, etc...)que tem por finalidade a lavagem de cabeça em especial, para tranqüilizar a mente e
intelecto de seus adeptos.

Gira - É a cerimônia onde são invocados os espíritos.

Cambono - Tem por obrigação atender as entidades quando incorporadas interpretar sua fala para os consulentes. É um médium, designado para tal função.

Disciplina e Hierarquia na Umbanda

Umbanda é Magia – e magia não é privilégio de ninguém.

Magia é a arte de manipular a natureza, criando campos de força.

E é exatamente isso que fazem os Guias nos terreiros de Umbanda. Mas para que todo esse campo de força funcione é preciso que haja entendimento em dois elementos:

Disciplina e Hierarquia.

Uma pessoa muito culta me disse um dia: “Gostei muito da Umbanda. Lá todos são deuses, ou seja, todos têm condição de fazer o milagre”.

A hierarquia na Umbanda é respeitadíssima por todos os participantes.

O Comandante Espiritual dita as regras e a filosofia da Casa, o Dirigente e seus auxiliares diretos, como o mestre de cerimônias, cuidam da gira e dos médiuns, e os curimbeiros cuidam da disciplina e do conjunto de instrumentos usados no terreiro.

Sobre a obediência à hierarquia o Caboclo Sete Encruzilhadas disse: “Quem não sabe obedecer, jamais poderá mandar”.

Este conjunto de respeito forma a união e a integridade mágica da casa espiritualista de Umbanda.

Sem disciplina rígida e séria uma Casa de Umbanda não prossegue seu trabalho sob os auspícios da Espiritualidade Superior.

O que parece, às vezes, exagero do Dirigente no sentido da manutenção da disciplina, do respeito ao terreiro e aos Guias, do respeito à hierarquia constituída, da não permissão de fofocas ou conversas fúteis, constitui-se, na verdade, no grande pára-raio ou entrave à entrada de espíritos obsessores, zombeteiros, mistificadores que, em nome de uma suposta caridade sentimentalóide e adocicada, atuam criando confusões, brigas, desentendimentos, desânimos e queda da Casa Umbandista.

Todo cuidado é pouco. Não importa que agrade ou desagrade.

Quem tem espírito de amor e busca um Templo sério, e a verdadeira espiritualidade que conduz à evolução, compreende, adere.

Caso contrário, é melhor que fique de fora da corrente, pois o orgulho, a vaidade e a ignorância são instrumentos nas mãos dos inimigos invisíveis para a produção de parada ou desmoralização de um Grupo Espiritualista.
Pois como já dizia André Luiz, pelo médium Chico Xavier: “Caridade sem disciplina é perda de tempo”.


          Autor Desconhecido.

Vou contar-lhes uma pequena estória para auxiliar-vos na reflexão que quero passar.

Refletir é olhar para dentro de Si, sem julgamentos, sem culpa, sem auto-condenação... Mas com sinceridade, indulgência e tolerância. Perceber no seu mundo Interior aquilo que ainda contribui para que você ainda recaia nos mesmos erros.

Então, meus Filhos, Reflitam! Reflitam!
Era uma vez dois vizinhos, vamos chamá-los de João e Lourenço, tendo suas casas separadas por uma pequena cerca.
João vivia a cuidar do jardim de sua casa. Jardim que se mostrava sempre multicolorido com as mais belas flores. Eram margaridas, rosas, girassóis... Os pássaros, as abelhas, insetos eram presenças constantes. Ali sempre se via João a regar as flores, retirando ervas-daninhas... Enfim, cuidando do seu jardim.

Na casa de Lourenço não se percebia a mesma coisa. Seu quintal era tomado por um matagal, as flores não sobreviviam, pois não podiam competir com a variedade de ervas-daninhas. Lourenço não se importava e não se dispunha a tirar um tempo para cuidar de seu quintal.

João começou a se preocupar com aquilo e decidiu chamar a atenção de Lourenço. Não suportava ver aquele quintal tomado pelo mato e seu vizinho não fazer nada. No fundo não admitia que essa era a escolha de Lourenço.

Deixou suas flores e foi até a cerca e ficava horas tentando convencer Lourenço a ter mais zelo com sua casa, seu quintal. Passaram os dias e ele ali insistindo, tentando convencer Lourenço que não dava ouvidos, achando-o um chato.

Quando João desistiu de tenta convencer seu vizinho, levou um grande susto ao voltar-se para seu próprio quintal, pois este tinha sido tomado pelo mato e ervas-daninhas, sufocado as flores que morreram todas. Seu quintal tornou-se pior do que do seu vizinho.

Enquanto perdia tempo preocupado com o quintal do outro, tentando ajudar quem não lhe pediu ajuda, esquecia de olhar e cuidar do seu próprio jardim.

Não podemos inverter nossos papéis. Se João continuasse com amor e dedicação a cuidar de seu jardim, chegaria o dia em que a harmonia dele seria tão grande que tocaria seu vizinho ao ponto deste vir lhe pedir ajuda para harmonizar seu. Mas, o que aconteceu, é que João, o vizinho cuidadoso, mas descuidado, foi envolvido pela desarmonia de Lourenço, pensando que estava ajudando-o.

Meus Filhos, quanto mais cuidamos e iluminamos nossa Vida, mais tocaremos os outros, que nos buscarão no momento oportuno.

Quando preocupam com a vida dos outros, passam a querer que o outro viva como vocês gostariam, muitas vezes até vivem a vida dos outros e esquecem de viverem vossas próprias Vidas, sufocando assim, vossa própria Luz.

Busquem ocupar-se com vossas Vidas. Busquem Viver vossas vidas, essa é a melhor ajuda que vocês podem dar aos outros.

Quero enfatizar para aqueles que buscam vivenciar a espiritualidade. Ouçam: se o outro não está vivenciando sua Espiritualidade como você acha que é o correto, da forma como ele está aprendendo...Deixe-o, essa é a vida dele, a escolha dele. A Luz não escolhe, mas separa aqueles que já fizeram suas escolhas.

Se parares para observar e julgar a forma do outro conduzir sua espiritualidade, estarás esquecendo de viver e cuidar da sua.

Espero que todos possam me compreender, pois se venho falar, é por AMOR, SIMPLESMENTE POR AMOR.

Reflitam, meus Filhos! Reflitam!

Que a Luz do Cristo e da Virgem Maria iluminem vossas mentes e vossos corações!

Pai Tomé, por Claudiney Rosa.


A figura do Preto-Velho é um símbolo magnífico.

Ela representa o espírito de humildade, de serenidade e de paciência que devemos ter sempre em mente para que possamos evoluir espiritualmente.

Certa vez, em um centro do interior de Minas, uma senhora consultando-se com um Preto-Velho comentou que ficava muito triste ao ver no terreiro pessoas unicamente interessadas em resolver seus problemas particulares de cunho material, usando os trabalhos de Umbanda sem pensar no próximo e, só retornavam ao terreiro, quando estavam com outros problemas.

O Preto-Velho deu uma baforada com seu cachimbo e respondeu tranquilamente: “Sabe filha, essas pessoas preocupadas consigo próprias, são escravas do egoísmo.

Procuramos ajudá-las, resolvendo seus problemas; mas, aquelas que podem ser aproveitadas, depois de algum tempo, sem que percebam, estarão vestidas de roupa branca, descalças, fazendo parte do terreiro.

Muitas pessoas vem aqui buscar lã e saem tosqueadas; acabam nos ajudando nos trabalhos de caridade”.

Essa é a sabedoria dos Pretos-Velhos…

Os Pretos-Velhos levam a força de Deus (Zambi) a todos que queiram aprender e encontrar uma fé.

Sem ver a quem, sem julgar, ou colocando pecados. Mostrando que o amor a Deus, o respeito ao próximo e a si mesmo, o amor próprio, a próprio, a força de vontade e encarar o ciclo da reencarnação podem aliviar os sofrimentos do karma e elevar o espírito para a luz divina. Fazendo com que as pessoas entendam e encarem seus problemas e procurem suas soluções da melhor maneira possível dentro da lei do dharma e da causa e efeito. Eles aliviam o fardo espiritual de cada pessoa fazendo com que ela se fortaleça espiritualmente.

Se a pessoa se fortalece e cresce consegue carregar mais comodamente o peso de seus sofrimentos.

Ao passo que se ela se entrega ao sofrimento e ao desespero enfraquece e sucumbe por terra pelo peso que carrega.

Então cada um pode fazer com que seu sofrimento diminua ou aumente de acordo como encare seu destino e os acontecimentos de sua vida: “Cada um colherá aquilo que plantou.

Se tu plantaste vento colherás tempestade.”Mas, se tu entenderes que com luta o sofrimento pode tornar-se alegria vereis que deveis tomar consciência do que foste teu passado aprendendo com teus erros e visando o crescimento e a felicidade do futuro.

Não sejais egoísta, aquilo que te fores ensinado passai aos outros e aquilo que recebeste de graça, de graça tu darás.

Porque só no amor, na caridade e na fé é que tu podeis podeis encontrar o teu encontrar o teu caminho interior, a luz e DEUS”


Por Pai Cipriano.

Umbanda

centropaijoaodeangola.com/umbanda.php

Dentre muitas entidades que baixam nos inúmeros terreiros de Umbanda ... Na necessidade do ritual como elemento mágico e disciplinador; Na prática da ...

Comidas de Santo

centropaijoaodeangola.com/comida-de-santo.php

Na umbanda costuma-se dar oferendas aos guias , protetores eorixás com os ... Os materiais utilizados nas oferendas são alguns elementos encontrados na ...

Dicionário na Umbanda

centropaijoaodeangola.com/dicionario-de-umbanda.php

Abaçá – Templo, tenda, terreiro de Umbanda. Abacê- Cozinheira que ... OTÁ - pedra ritual, elemento e objeto sagrado e secreto do culto. PADÊ - Despacho ...

Contos de Terreiro – Nem tudo queima

centropaijoaodeangola.com/contos-de-terreiro-nem-tudo-queima.php

Como era de costume naquele terreiro, essas sessões eram fechadas, apenas ... Guias e Fios de Conta na Umbanda. por Douglas Rainho Um dos elementos ...

O luxo na Umbanda

centropaijoaodeangola.com/o-luxo-na-umbanda.php

Isso quando não resolvem por um “trono” no meio do terreiro, colocando a entidade numa ... (um chapéu,um lenço, uma bengala ou mesmo outro elemento ),

Banhos Ritualísticos na Umbanda

centropaijoaodeangola.com/banhos-ritualísticos-na-umbanda.php

Banhos Ritualísticos na Umbanda Os banhos ritualísticos de uma maneira geral, são rituais, onde utilizamos ... ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA .

Centro Pai João de Angola,localizado em Maringá Paraná.

centropaijoaodeangola.com/mensagens-em-slaides.php

Boaideiros na Umbanda · Baianos na ... As falanges de trabalhos na umbanda · Assistência ... ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA · Entendendo a ...

batizado na umbanda

centropaijoaodeangola.com/batizando-na-umbanda.php

Boaideiros na Umbanda ... ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA ... Batismo na Umbanda · Conselhos de Preto velhos · Escrava Anastácia · Marinheros .

oferendas na umbanda

centropaijoaodeangola.com/oferendas-na-umbanda.php

Na umbanda costuma-se dar oferendas aos guias , protetores eorixás com os seguintes objetivos: Alcançar ... ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA.

Padê para Exu

centropaijoaodeangola.com/padê-de-exu.php

... através da contra-parte etérica (energética) dos elementos ofertados, possa ... sobre Umbanda, ou se não é médium, o melhor, é procurar um Terreiro e dizer ...

Mensagens de Vovó Maria Conga

centropaijoaodeangola.com/mensagem-de-vovó-maria-conga.php

... trabalhos de Umbanda sem pensar no próximo e, só retornavam ao terreiro, quando ... outro de ervas e os elementos ar, fogo, água e terra se faziam presentes.

Oferenda a caboclo Boiadeiro

centropaijoaodeangola.com/oferenda-ao-caboclo-boiadeiro.php

Boiadeiros na Umbanda - Origens, oferendas e assentamento "Seu Boiadeiro ... Boiadeiro da serra Boiadeiro Venâncio Boiadeiro das almas Elementos que podem ... de um boiadeiro é manter a disciplina das pessoas dentro de um terreiro, .

Baiano Zé do Cocô

centropaijoaodeangola.com/baiano-zé-do-coco.php

Baiano Zé do Coco Médium Mãe Luzia Nascimento Legado de umbanda é sacerdócio Onde cada um tem que cumprir sua missão Muitos passam pelo terreiro. ... Guias e Fios de Conta na Umbanda. por Douglas Rainho Um dos elementos ...

Exu do lodo

centropaijoaodeangola.com/exu-do-lodo.php

Exú do Lodo: Exú de Umbanda O Exu do Lodo é uma falange de Exus ligados ... a terra e as pedras onde se forma o lodo, tirando destes elementos todo subsídio . ... eles caminham juntos para a porta do Terreiro, onde a direita do monarca, ...

Convite aos Umbandistas

centropaijoaodeangola.com/convite-aos-umbandistas.php

Queremos mostrar que a força da Umbanda reside na União de todo nós, só conseguiremos ... Contamos com a participação de todos, dos dirigentes de terreiro de todos os Estados Brasileiros e além fronteiras. ... És a fúria dos elementos,

Marinheiros

umbandapaijoaodeangola.com.br/marinheiros.php

É uma entidade rara em terreiros de umbanda, até hoje poucos se viram ou se .... Elementos de trabalho: Pedras, conchas, búzios, estrelas do mar, caramujos,  ...

Boiadeiros na umbanda

centropaijoaodeangola.com/boiadeiros-na-umbanda.php

Os Boiadeiros, de um modo geral, utilizam chapéus de vaqueiros, laços de corda e chicotes de couro, são ágeis e costumam chegar aos terreiros com sua mão ...

Pomba Gira maria mulambo

www.centropaijoaodeangola.com/pomba-gira-maria-mulambo.php

ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA . ... Pomba gira, é uma entidade que atua na umbanda....suas raizes remontam ao ... sendo liderada pela ...

Firmeza de Preto velho

centropaijoaodeangola.com/firmeza-de-preto-velho.php

4º – A seguir pega os elementos e começa a fazer a firmeza: – acende as velas ... Uma característica desse Preto Velho e chegar nos terreiros de Umbanda de .

Defumações

centropaijoaodeangola.com/defumações.php

Defumadores prontos encontrados em casas de umbanda. E mais uma infinidade ... umbandapaijoaodeangola.com.br/elementos-do-terreiro-da- umbanda.php.

Religiões , linhas sagradas

centropaijoaodeangola.com/religiões-linhas-sagradas.php

A umbanda é praticada em terreiros desde o início do século XX e tem caráter ... de várias religiões trazidas pelos negros, que incorpora elementos ameríndios, ...

Digite na caixa de pesquisa abaixo o que deseja encontrar no Site.

 


Visite nosso blog click na imagem abaixo:

copyright© 2009-2017

Site desenvolvido por Centro Pai João de Angola- Todos os direitos Reservados.


 

Agradecemos sua visita Volte sempre....

Traduzir Esta Página


Os textos apresentados na sua maioria foram retirados , da internet. Esse é um espaço onde colocamos diversos pensamentos e o nosso principal objetivo é a divulgação da nossa Umbanda. Quando algum texto for de autoria do Centro Pai João de angola, o responsável será indicado; da mesma forma que fazemos com outros autores que não têm vínculos com a nossa casa... Comunicado Importante: Este é um Site totalmente gratuito, sem fim comercial ou lucrativo. Algumas imagens e informações provêm de outros sites na internet. Caso você seja o detentor do Copyright de qualquer uma delas, e deseje que ela seja retirada, por favor, é só nos mandar uma mensagem citando o nome e a localização para sua remoção imediata. Não temos o objetivo de nos apropriar de informações alheias tomando-as como nossa, pelo contrário, sempre que possível, colocaremos o nome do autor abaixo do título para deixar bem claro que a intenção é de divulgar a Umbanda através de textos bem elaborados e esclarecedores. Saiba que o Centro Pai João de Angola está isento de qualquer responsabilidade.


maria.mp3

Moço (a) entrou no crime e diz que eu te ajudei e os outros guias é mentira sua. Eu te ajudo a sair do crime. Suas mães choram nos meus pés pedindo que eu ajude oceis sair. Agora dizer que por força minha eu te ajudei entrar é uma afronta a minha conduta. Eu e nenhum guia quer oce metido nisso. Porque é caixão e vela ou cadeia esse caminho. Eu ajudo sair mas entrar não. Zé Pilintra Espalhem essa mensagem.

  • Ao mestre com carinho
  • Ogum
  • Oxum
  • Yansã
  • oracões
  • Xangô
  • Yemanjá
  • Oxossi
  • Oxalá
  • Oxumarê
  • Preto-velhos
  • Caboclos
  • Boaideiros na Umbanda
  • Baianos na Umbanda
  • Marinheiros
  • Pomba Gira
  • Maria Padilha
  • Oração de exu
  • Banhos de descarregos
  • pontos-riscados-Exu
  • História de Rei Congo
  • Pontos Cantados Orixás
  • Pontos cantados Diversos
  • Maria Redonda
  • Sitemap
  • Mensagem de Zé Pilintra
  • Pai José da Guiné
  • Exu Capa Preta
  • Exu das Sete Encruzilhadas
  • Exu morcego
  • Exu Meia Noite
  • Mensagem de Pai joão de Angola
  • Conselhos de Pai joao de Angola
  • pai-joao
  • Oração a Pai joão de Angola
  • Atribuição dos Preto-velhos
  • CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA
  • Histórias de Vovó Luiza
  • Quem Somos
  • Linha de Caboclos
  • Livro de Visitas 1
  • Ogum Rompe Mato
  • Ogum Yara
  • Altar Virtual dos Orixás
  • Altar Virtual
  • Descubra seu Orixá
  • Altar Virtual de Exu
  • Altar virtual de Ogum
  • Altar virtual de Oxum
  • Altar virtual dos Preto-velhos
  • Altar de Nossa Senhora
  • Ogum vencedor de Demanda
  • Fundamentos
  • OS TRABALHOS DESENVOLVIDOS
  • Cartão de Visitas
  • livro-de-visitas-2
  • Orações 2
  • Os dez maiores erros cometidos por médiuns umbandi
  • A Saída dos Orixás
  • A História de vovô Benedito
  • Oferendas de Oxum
  • Textos de Umbanda
  • Oferenda de Xangô
  • Oferendas de Ogum
  • Oferenda de oxossi
  • a-mediunidade-os-orixás-e-os-caboclos
  • orações diversas
  • Oração ao Pai João de Angola
  • oração a escrava anastacia
  • ORAÇÃO A PAI BENEDITO DE ARUANDA
  • Oração a Maria Bueno
  • Oração a Tia Maria de Minas
  • Oração ao caboclo 7 flexas
  • Oração ao caboclo boiadeiro
  • Oração ao seu Zé Pilintra
  • Oração a são cosme e damião
  • Oração para fechamento de corpo
  • Oração a cabocla Jurema da praia
  • Oração ao Divino Espirito Santo
  • ORAÇÃO AOS PRETOS VELHOS – I
  • oração a Oxalá
  • Prece à tia Rita da Bahia
  • Oração dos Preto velhos-4
  • Oração dos Preto velhos 3
  • Oração dos preto velhos 2
  • Oração do Perdão
  • Para teu Lar
  • Prece de Caritas
  • Orações a Yemanjá
  • orações a Oxossi
  • Prece a xangô
  • Orações a santa Barbara
  • Orações a Yansã
  • Oração da Pomba-gira
  • Oração de São jorge
  • Oração a Oxum
  • Oração para cura de traumas emocionais e decepções
  • Oração para começar o dia
  • ORAÇÃO FORTE E PODEROSA CONTRA INIMIGOS E INVEJA
  • Pai Nosso Umbandista
  • Creio em Deus Pai na Umbanda
  • Oração aos Orixás
  • Oração ao anjo da guarda
  • Pedido de Proteção
  • Oração poderosa de Pai joão
  • Oração à Nossa Senhora da Cabeça
  • Oração a Bezerra de Menezes
  • Oração ao Poderoso Santo Expedito
  • Oração à São José Operário
  • Oração a São Miguel Arcanjo
  • Oração para abrir caminhos
  • Oração ao sete Encruzilhada
  • Abertura dos trabalho 2
  • Prece de Abertura dos trabalhos
  • Prece ao Caboclo Sete Estrelas
  • Oração ao Caboclo Ventania
  • Caboclo 7 Pedreiras
  • PRECE A POMBA-GIRA
  • oração a tranca rua das almas
  • Prece ao Pai João da Mata
  • Oração ao Caboclo
  • Oração a Boiadeiro
  • Oração as sete linhas
  • ORAÇÃO DO PAI JOSÉ DE ARUANDA
  • Oração ao Pai Joaquim
  • Oração do baiano Corisco
  • BENZEDURA CONTRA O MAU-OLHADO INVEJA E QUEBRANTO
  • ORAÇÃO PARA BÊNÇÃO DO LOCAL DE TRABALHO OU LAR
  • ORAÇÃO PARA PEDIR FÉ
  • Oração aos Pretos Velhos e Pretas Velhas
  • Oração a Santa Sara Kali
  • Os Filhos de Omolu
  • Ebó para Yansã
  • Comida de Xangô
  • Lendas de Iansã com Ogum
  • Pontos cantados de Pomba-gira em Videos
  • ORIXÁS EXÚ E OGUM
  • Sem Exu não se Faz nada
  • OS FILHOS DE EXÚ
  • Pontos Cantados de Oxala Videos
  • Pontos Cantados de Ogum Videos
  • Pontos Cantados de Oxum Videos
  • Pontos Cantados de Yemanjá Videos
  • Pontos Cantados de Oxossi Videos
  • Galeria de Videos
  • Pontos Cantados de Xangô videos
  • Pontos Cantados de Yansã videos
  • PORQUE OS EXUS RIEM
  • Videos de Preto velhos
  • Cigano Pablo
  • Cigana esmeralda
  • Mensagem de Ogum
  • Ogum Beira Mar
  • Altar na Umbanda
  • A tristeza dos Orixás
  • Amor palavra de ordem na gira
  • AS FALANGES DE TRABALHO NA UMBANDA
  • ASSISTÊNCIA
  • exu não e fofoqueiro
  • ATITUDE INTERIOR
  • BANDEIRA BRANCA DE OXALÁ
  • Cantos e Palmas num Terreiro
  • Como acontece a Gira
  • conduta moral
  • CONDUTA NO TERREIRO DE UMBANDA
  • Conflitos
  • Conflitos Familiares
  • Como ler escutar ou observar e saber se aquilo é
  • Cores e a Umbanda
  • Cumprimentos e Posturas
  • De Olhos Fechados
  • Deus não te Fez para sofrer
  • Deus salve a Umbanda
  • Página em Atualização
  • EGUNS E QUIÚMBAS
  • ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA
  • ENTENDENDO A INVEJA
  • ESPIRITUALIDADE E CONSCIÊNCIA
  • EXPRESSÕES USADAS NA UMBANDA
  • EXU NÃO É DIABO
  • falta de doutrina e de complemetimento
  • Faz caridade fio
  • Os perigos e conseqüências da mediunidade mal orie
  • O DIA DE FINADOS NA UMBANDA
  • Fazer o bem sem ver a quem
  • Os Médiuns são Parceiros
  • Fumos e Bebidas
  • Fundamentação Doutrinária
  • GUIAS E COLARES
  • Hierarquia na Casa de Umbanda
  • Humildade
  • Jogaram uma carga pesada pra cima de mim
  • O maior inimigo da Umbanda
  • Mediunidade na Umbanda
  • Mediunidade um passo de cada vez
  • Mensagem do Caboclo Sete Flechas
  • MIRONGA DE PRETO VELHO
  • Não abandone seu posto de serviço
  • Normas dos Terreiros
  • Nossos Umbigos
  • Linha de Esquerda Exu e ´Pomba-Gira
  • O pequeno universo do umbandista
  • O Perdão Não tem Contra-indicação
  • O Templo Que Vos Acolhe
  • obrigações na umbanda
  • OBRIGADO VOVÔ
  • ORAÇÃO DO UMBANDISTA
  • Orixá de Cabeça
  • Os Caboclos na Lição de Pai João
  • Os Orixás se Manifestam em Nós e Através de Nós
  • Oração de Ogum Xoroquê
  • .

    Elementos do Terreiro de Umbanda

    umbandapaijoaodeangola.com.br/elementos-do-terreiro-da-umbanda.php

    ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA Conhecendo os elementos utilizados na prática dos Terreiros de Umbanda Defumação - Ato de purificar o ser, ...

    Hierarquia dentro dos Terreiros de Umbanda

    centropaijoaodeangola.com/hierarquia-na-umbanda.php

    São a segunda pessoa dentro de um Terreiro de Umbanda. ... o respeito e a disciplina deve sempre ser elementos básicos da convivência entre todos, deve- se ...

    TRONQUEIRA

    centropaijoaodeangola.com/tronqueira.php

    Dentro de uma tronqueira, são dispostos vários elementos magísticos que são utilizados por guardiões de Lei. ... Hierarquia dentro dos Terreiros de Umbanda.

    Descarrego de Pólvora

    centropaijoaodeangola.com/descarrego-de-polvora.php

    Os descarrego de pólvora, são muito usado na “Umbanda” e nas Linhagens de “ Nagò ... A pólvora em queima, libera seus elementos sutis que interage neste campo ... realizada, com a presença do Sacerdote Pai ou Mãe de Santo do Terreiro.

    Ciganos na Umbanda

    centropaijoaodeangola.com/ciganos-na-umbanda.php

    Ciganos na Umbanda, são espíritos desencarnados homens e mulheres que pertenceram ao povo cigano. ... ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA.

    Umbanda conceito básico.

    centropaijoaodeangola.com/conceito-básico.php

    Por outro lado, sabemos que a Umbanda lida com vários elementos e uma ... A ritualística que cada terreiro de Umbanda segue, somente serve como um leque  ...

    Fofocas no terreiro

    centropaijoaodeangola.com/fofocas-no-terreiro.php

    Um terreiro de Umbanda acaba quando a fofoca e a intriga são maiores que o estudo e a disciplina; .... ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA .

    Batismo na Umbanda

    centropaijoaodeangola.com/batismo-na-umbanda.php

    O batismo é, portanto, uma apresentação às divindades da Umbanda, para que ... umbandapaijoaodeangola.com.br/elementos-do-terreiro-da-umbanda.php.

    Oferenda de Marinheiros

    centropaijoaodeangola.com/oferenda-de-marinheiro.php

    Os marinheiros são em sua grande maioria espíritos que militam a umbanda ... outros atuam como elementos de sustentação de trabalhos voltados a curas, ...

    Giras de Umbanda

    centropaijoaodeangola.com/giras-de-umbanda.php

    RITUAL E DISCIPLINA Todo terreiro de Umbanda possui um ritual e embora ... desses elementos por parte de nossas entidades, o modo como a fumaça é ...

    Características dos Filhos de Ibejis

    centropaijoaodeangola.com/características-dos-filhos-de-ibejis.php

    É conhecido nos terreiros de Nação e Candomblé, como (ÊRES ou IBEJI). ... A Criança na Umbanda é apenas uma manifestação de um espírito cujo ... à Cosme e Damião, curadores que trabalhavam com a magia dos elementos. terreiros ...

    Oferendas de xangô

    centropaijoaodeangola.com/oferendas-de-xangô.php

    Despeje o mel por cima de todos os elementos. .... centropaijoaodeangola.com/ oferendas-umbanda.php .... ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA.

    Fundamentação Doutrinária

    umbandapaijoaodeangola.com.br/fundamentação-doutrinária.php

    A Umbanda é uma junção de elementos Africanos (Orixás e culto aos ... modernidade, etc, vem aos poucos caindo em desuso em nossos Terreiros. Um destes ...

    Oferendas para Nanã

    centropaijoaodeangola.com/oferendas-a-nanã-buruquê.php

    Elemento: água e terra; Ponto de força: nos lagos. Sua cor: lilás. Dia 26 de ... Fonte: Colégio de Umbanda Pai Benedito de Aruanda. Oferenda à mãe Nanã: ...

    Boaideiros na Umbanda

    umbandapaijoaodeangola.com.br/boaideiros-na-umbanda.php

    Os Boiadeiros na Umbanda São espíritos de pessoas, que em vida trabalharam com o ... que o principal elemento da sua magia é a força de vontade, fazendo assim que ... No Terreiro os Boiadeiros vêm "descendo em seus aparelhos" como ...