Centro Pai João de Angola

Cigana Esmeralda Protetora da fartura de alimentos, é feiticeira de comida, das que fazem feitiços que são comidos, para vários tipos de objetivos. Esmeralda é natural de Évora, em Portugal. Viajou por toda Europa, aprendendo pratos e aperfeiçoando suas magias.

As magias de Esmeralda são douradoras e quando chega geralmente tem banquetes, por sua vez é ela mesma quem faz. É eximia usuária de tachos (panelas de cobre) e facas, com as quais destrincha, corta e cozinha. Para ela é indisponível a colher de pau e a faca aflatada com bainha, que carrega em sua bolsa para caso de necessidade. È festeira, risonha, matrona, mandona e não aceita NÃO como resposta. grande doceira da magia cigana, é perigosa e deve ser tratada com muito amor e cuidado.

Magia para Fartura

Faça um Pote

Uma bomboneira pequena dentro um pouco de cada destes grão e sementes. Ervilha, lentilha, Arroz com casca, Amendoim, Grão-de-bico e trigo em grão Coloque por cima três moedas atuais, com o valor variado para cima, e um quartzo-citrino no meio delas. Deixe energizando por três dias na luz da Lua Crescente, e peça aos grãos que apresentem sua força magica, para que nada lhe falte ao seu lar. Ponha em um móvel em lugar alto, como se fosse um bebelô. Assim fazendo esteja certo(a) de que nunca faltarão alimentos no seu lar.


Oração da Cigana Esmeralda

Espírito de luz... Santa Sara,minha protetora,cubra-nos com seu manto celestial. Nós filhos do vento,das estrelas,da lua cheia e do pai sol. Pela força da cigana Esmeralda,abençoe à todos nós que somos filhos do mesmo Deus.

Minha cigana Esmeralda,sempre que um aflito te invocar dê-lhe consolo,a harmonia e a energia de sua paz. Que ao olhar a chama de uma vela,passamos sentir tua presença. Cigana,cubra-nos com sua saia colorida de todos os perigos e dos invejosos... Cigana encantada,pela sua força,abra os caminhos da prosperidade e da fartura. Cigana cura os males do espírito,da alma e da matéria. Cubra-nos com sua alegria. Que possamos sentir em cada leve brisa seu perfume de amor... Linda Esmeralda,que nossos pedidos sejam atendidos. Cigana Esmeralda,que nesta hora possamos sentir segurança,paz e felicidade!

Povo Cigano na Umbanda

História

Pertencem à uma linha de trabalhadores espirituais que busca seu espaço próprio pela força que demonstram em termos de caridade e serviços a humanidade. Seus préstimos são valiosas contribuições no campo do bem-estar pessoal e social, saúde, equilíbrio físico, mental e espiritual, e tem seu alicerce em entidades conhecidas popularmente com "encantadas".

São entidades que há pouco tempo ganharam força dentro dos rituais da Umbanda. Erroneamente no começo eram confundidos com entidades espirituais que vinham na linha dos Exus, tal confusão se dava por algumas ciganas se apresentarem como Cigana das Almas, Cigana do Cruzeiro ou nomes semelhantes a esses utilizados por Exus e Pombas-Gira. Hoje, o culto está mais difundido, se sabe e se conhece mais coisas sobre essas entidades, chegando algumas casas a terem um ou mais dias específicos para o culto aos espíritos ciganos. Não tem na Umbanda o seu alicerce espiritual, como dissemos; Amor incondicional à proteção da natureza. Encontraram na Umbanda um lugar quase ideal para suas práticas por uma necessidade lógica de trabalho e caridade. Na Umbanda passaram a se identificar com os toques dos atabaques, com os pontos cantados em sua homenagem e com algumas das oferendas que são entregues às outras entidades cultuadas pela Umbanda. Encontraram lá, na Umbanda, uma maneira mais rápida de se adaptarem a cultos e é por isso que hoje é onde mais se identificam e se apresentam. São entidades oriundas de um povo muito rico de histórias e lendas, foram na maioria andarilhos que viveram nos séculos XIII, XIV, XV e XVI. Tem na sua origem o trabalho com a natureza, a subsistência através do que plantavam e o desapego as coisas materiais. Dentro da Umbanda seus fundamentos são simples, não possuindo assentamentos ou ferramentas para centralização da força espiritual. São cultuados em geral com imagens bem simples, com taças com vinho ou com água, doces finos e frutas solares. Trabalham também com as energias do Oriente, com cristais, incensos, pedras energéticas, com as cores, com os quatro sagrados elementos da natureza e se utilizam exclusivamente de magia branca natural, como banhos e chás elaborados exclusivamente com ervas. Diferentemente do que pensamos e aprendemos, raramente são incorporadas, preferindo trabalhar encostadas e são entidades que devem ser cultuadas na direita, pois quando há necessidade de realizarem qualquer trabalho na esquerda, são elas que se incumbem de comandar as entidades ciganas que trabalham para este fim, por isso, não precisam de assentamentos. Por isso tudo fica evidenciado que são entidades que trabalham exclusivamente para o bem. Santa Sara Kali é sua orientadora para o bom andamento das missões espirituais. Não devemos confundir tal fato com Sincretismos, pois Santa Sarah é tida como orientadora espiritual e não como patrona ou imagem de algum sincretismo. Ciganos na Umbanda, são espiritos desencarnados homens e mulheres que pertenceram ao povo cigano. Os ciganos em geral, tem seus rituais especificos e cultuam muito a natureza, os astros e ancestrais. A santa protetora do povo cigano é "Santa Sara Cali". Dentro da Umbanda, trabalham para o progresso financeiro e para as causas amorosas. Cheios de simpatias espitiruais, os espiritos ciganos trabalham para a cura de doenças espitiruais. Os ciganos, dentro da ritualistica umbandista, falam a língua "portunhol", alguns, poucos, falam o romanês, língua original dos ciganos. As incorporações acontecem geralmente em linha própria, mas nada impede que eles possam a vir trabalhar na linha de Exú.

CIGANA DANÇARINA

É uma cigana de vibração espiritual de muita luz e força. Cigana bela,andava sempre com uma cabra branca de mascote. Viveu em Portugal,Espanha e França. Adora tachos,facas e colher de pau,pois é protetora da fartura. É festeira,risonha,mandona,deve ser tratada com cuidado e amor. Usa pandeiro enfeitado com fitas coloridas,tem olhos esverdeados.

Sua força em vida,era a justiça e a piedade. Gosta de bebida fina,frutas,doces variados; sua lua é cheia,e o dia é domingo. Adora dançar com seu pandeiro,usa uma tiara com pedras verdes e moedas. Esta linha de trabalhos espirituais já é muito antiga dentro da Umbanda, e “carregam as falanges ciganas juntamente com as falanges orientais uma importância muito elevada, sendo cultuadas por todo um seguimento espírita e que se explica por suas próprias razões, elegendo a prioridade de trabalho dentro da ordem natural das coisas em suas próprias tendências e especialidades. Assim, numerosas correntes ciganas estão a serviço do mundo imaterial e carregam como seus sustentadores e dirigentes aqueles espíritos mais evoluídos e antigos dentro da ordem de aprendizado, confundindo-se muitas vezes pela repetição dos nomes comuns apresentados para melhor reconhecimento, preservando os costumes como forma de trabalho e respeito, facilitando a possibilidade de ampliar suas correntes com seus companheiros desencarnados e que buscam no universo astral seu paradeiro, como ocorre com todas as outras correntes do espaço. O povo cigano designado ao encarne na Terra, através dos tempos e de todo o trabalho desenvolvido até então, conseguiu conquistar um lugar de razoável importância dentro deste contexto espiritual, tendo muitos deles alçado a graça de seguirem para outros espaços de maior evolução espiritual, juntamente com outros grupos de espíritos, também de longa data de reencarnações repetidas na Terra e de grande contribuição, caridade e aprendizado no plano imaterial. A argumentação de que espíritos ciganos não deveriam falar por não ciganos ou por médiuns não ciganos e que se assim o fizessem deveriam faze-lo no idioma próprio de seu povo, é totalmente descabida e está em desarranjo total com os ensinamentos da espiritualidade sua doutrina evangélica, até as impossíveis limitações que se pretende implantar com essa afirmação na evolução do espírito humano e na lei de causa e efeito, pretendendo alterar a obra divina do Criador e da justiça divina como se possível fosse, pretendendo questionar os desígnios da criação e carregar para o universo espiritual nossas diminutas limitações e desinformação, fato que nos levaria a inviabilização doutrinária. Bem como a eleger nossa estada na Terra como mera passagem e de grande prepotência discriminatória, destituindo lamentavelmente de legitimidade as obras divinas.

Os Donos da Verdade

Atire a primeira pedra quem nunca criticou as atitudes do outro sem saber de todos os fatos que envolviam a situação. Atire a primeira pedra quem nunca julgou o outro por suas próprias opiniões e não por todo o contexto.

Em busca da verdade e justiça o homem se depara com uma de suas maiores pedras de tropeço.

Ele julga e jamais deseja ser julgado, ele puni e não deseja ser punido, pois crê que se encontra em outro patamar, em outro nível no qual é capaz de decidir tudo como um deus. Equivoco dos equívocos, Deus não puni ele é amor, e dentro do amor encontramos muito mais que emoções. Encontramos inteligência, raciocínio e lógica para chegar a um resultado de fato amoroso. Sem lógica e inteligência não há amor, sem utilizar o cérebro somos conduzidos por emoções que em muitos casos fazem analises erradas de uma situação. Há de se entender bem os dois lados da moeda, para depois fazer um julgamento das atitudes alheias. Obviamente que um erro não justifica outro, o que aponto aqui é a nossa falta de capacidade de analise. Entendo que o seu julgamento nunca será o julgamento do outro, pois somos seres individuais. Existem verdades paralelas, que por vezes, podem até se cruzar e se unirem, no entanto a tomada de decisão e analise sempre será feita mente por mente. Hoje não venho aqui para julgar, criticar ou punir alguém, quem sou eu para fazer isto! Se até um juiz qualificado para tal cargo é suscetível a erros, e todos bem sabem que o julgamento sempre é fator pessoal e intransferível. Todavia realizado através de levantamentos de dados e informações, sem informação e provas um juiz não toma partido, então porque cargas da água nós tomados partido e julgamos através das nossas suposições emotivas!

Vou citar um exemplo que ouvi de uma coaching esta semana: Imaginem um pai que trabalha durante a semana e não vê o filho neste período, chega final de semana este pai em casa, vê seu filho o tempo todo na frente do computador. E assim passam algumas semanas e a cena se repete, sem falar com o filho o pai observa a situação e

pensa que seu filho é um vagabundo, que só quer saber de ficar em chats jogando conversa fora. Sentindo certeza do que vê o pai toma a decisão, vou cortar a internet. No entanto ao ir comunicar ao filho a decisão escuta o desabafo do menino que se diz exausto de tanto trabalhar na finalização do seu trabalho de conclusão. Escutando isto, o pai percebe o erro que cometeu, seu filho não é um ‘vida boa’ e sim um jovem determinado e estudioso.
O pensamento quando levado pelas emoções negativas, criam enormes problemas para aqueles que julgam sem antes analisar os fatos. A sorte deste pai que ao dar a sentença ao filho, foi interrompido pelo desabafo do mesmo. Ao contrário ele magoaria o filho demonstrando falta de atenção e amor para com ele. O correto é que cada pessoa aja na sua vida como um verdadeiro juiz, peçam as provas, falem com testemunhas, juntem o máximo de informações possíveis e só depois disto analise o caso e de a sentença. Sem informação e provas é impossível dar a punição. Isto é fato óbvio, no Brasil sabemos da corrupção, mas não conseguimos juntar dados suficientes, para comprovar o crime dos mal feitores e assim vamos julgando da boca para fora, sem nada resolver e sempre achando que somos os donos da verdade e vitimas do mundo. 
Quésia Gracez


Agradecemos sua visita Volte sempre....

“Águia voa alto, mas com as asas cortadas, não passa de galinha grande.”

(provérbio cigano)


POR CIGANA ESMERALDA

Sou cigana, cigana nasci... Meu sangue é doce e quente, Trago a dança sensual nas veias, Sou orgia, ternura, paixão ardente! O amor é meu farol, meu rumo, Desatino, perdição, obstinação... Trago um perfume q embriaga, Arrelio teu coração na canção.... Sou desafio, sou gostoso mistério, Sou geleira, fogueira, teu fino licor! Danço e o mundo comigo gira... Rodopio...provoco calafrio...tremor... Nasci cigana, teimosa...guerreira.... Trago o feitiço no olhar, nas entranhas, Sou tua dona, tenho do amor a posse... Sei da minha força, das tuas manhas! Sou a magia q encanta, t envolve... Sou furacão violento, êxtase, calmaria, Protegida por Igor, Vênus! Loucura, audácia, paixão e valentia... Ñ sou conquistada...conquisto! Ñ sou cortejada, cortejo, barganho... Meu olhar queima, minha boca assanha, kero...envolvo...eletrizo e ganho! Ah cigano...acabou o teu reinado! Tua vontade própria, tua dona sou eu! Meus braços, meu corpo, são o teu refugio, Agora é tarde!Teu amor é todo meu!

Cigana faceira.mp3